(des)CONEXÃO: UM ENCONTRO COM A PRÓPRIA ESSÊNCIA E O MUNDO REAL

Atualizado: 29 de Mai de 2019


A conhecida expressão “o que vale é a satisfação do cliente” é um conceito muito verdadeiro e extremamente valioso para quem presta serviços com o coração, para quem se entrega amorosamente no ato de servir ao outro. Esta expressão ganha uma importância ainda maior quando os clientes são crianças porque, com elas, não tem disfarce!: ou elas gostam ou elas não gostam.


Você pode imaginar, então, a alegria em ouvir de cada participante do encontro (des)CONEXÃO – realizado na tarde do último dia 11 de maio, em Brasília – comentários como: “quando vai ser o próximo?!”; “foi muito divertido!”; “eu nem me lembrei da internet!”; “eu quero participar mais vezes!”; “eu até me lembrei do jogo (eletrônico), mas coloquei o foco no encontro e foi muito divertido!”...!


Foi com feedbacks como estes que encerramos o primeiro (des)CONEXÃO, após cerca de quatro horas inesquecíveis, com dez lindas crianças que toparam o desafio de passar este momento sem nenhum acesso a jogos eletrônicos ou qualquer outro tipo de entretenimento virtual. Elas toparam a proposta do encontro: se conectarem com a própria essência, com o próximo e com o mundo real.

Elas toparam participar de atividades e brincadeiras amorosamente elaboradas para o despertar de sentimentos e atitudes como amor próprio, auto estima, autoconhecimento, empatia, amorosidade, auto perdão (menos auto cobrança e competitividade), ócio saudável (para o descanso mental e o exercício da criatividade), comunicação não-violenta, autorregulação (cuidado e respeito consigo mesm@), respeito ao próximo e valorização dos momentos e conversas em família.


MOMENTOS – O (des)CONEXÃO foi a segunda vivência realizada pelo eLeve-se–Comunicação e Ações Positivas, fundado em fevereiro deste ano. O encontro começou com um momento de respiração e meditação mindfulness (atenção plena no Aqui e Agora), em que os pais das crianças também participaram.


Depois, elas fizeram a “yoga dos bichos”, exercitando a concentração, o autoconhecimento, a autoestima e o amor próprio. Na sequência, trocaram cuidados em duplas, quando trabalharam a empatia, a amorosidade e o auto perdão.



Teve massagem na cabeça e nos ombros, carinho nas mãos, abraço, conversa olho no olho... e um comovente abraço coletivo! A partir daquele momento, a sensação é que todos já se conheciam de longa data e que estávamos vivendo ali um lindo reencontro!


Na sequência, os (des)conectados ilustraram – com lápis de cor, giz de cera e tinta – um saquinho de papel que embalou a surpresa para os pais: uma mudinha da planta aromática Capim Limão. Este foi o momento em que as crianças se entregaram ao ócio saudável e à criatividade e também se conectaram com o amor pelos pais.


Para se refrescarem e aumentarem o vínculo entre eles, os (des)conectados brincaram na piscina e fizeram o primeiro lanche: frutas! Depois, eles novamente usaram a imaginação construindo a “garrafa da calma”.

Feita com pet transparente (de 300 ml), a garrafa foi preenchida com água, tintas guache, glitter, lantejoulas e fitas adesivas coloridas. Além de ser uma estratégia indicada para as crianças brincarem em momentos de irritação, ansiedade e frustração, as “garrafas da calma” também podem ser usadas como pinos para um divertido jogo de boliche.


Chegou, então, a hora do lanche e, debaixo das árvores, fizemos um delicioso piquenique! Teve bolo de chocolate e de cenoura e também sucos frescos de maracujá e uva. E muita conversa, contação de histórias e carinho!

Com as barriguinhas abastecidas, as crianças terminaram o presente aos pais e esconderam a plantinha em todo o jardim da casa onde o (des)CONEXÃO foi realizado, no Lago Oeste. Com um dando dicas ao outro sobre os melhores “esconderijos”, eles se divertiram muito nesta dinâmica, que reforçou a amorosidade, a comunicação não-violenta e a autorregulação.


AMOROSIDADE – Mamães e papais retornaram ao (des)CONEXÃO e foram recebidos com chá, conversa e muito amor! O sol se punha bem de mansinho e com um leve bate-papo ao calor de uma fogueira, reforçamos a importância do exemplo (uso consciente e equilibrado dos meios eletrônicos também pelos pais) e do incentivo às brincadeiras e aos momentos em família.


Em roda, as crianças homenagearam os pais cantando parte da música “Carinhoso”, embalada por instrumentos educativos como chocalhos, tamborzinhos indígenas e xilofone.

Chegou a tão esperada hora do “caça ao tesouro”, quando mamães e papais saíram à procura do presente-surpresa: as mudinhas de Capim Limão, produzidas pela doce Lígia – agricultora no Sítio Semente (Lago Oeste) –, que fez uma bonita exposição de outras plantinhas aromáticas e medicinais.


Neste clima leve, divertido e aconchegante, vivenciamos o primeiro (des)CONEXÃO: com muita alegria, propósito, substancialidade, surpresas e amor!


Eu (Renatha Melo) e Patrícia Kratka seremos para sempre gratas por esta oportunidade! E jamais esqueceremos este lindo e precioso momento com as crianças e as famílias que acreditaram na proposta de SERMOS totalmente presentes nestas quatro horas de pura amorosidade!


SERVIÇO – (des)CONEXÃO

- Contato: eLeve-se-Comunicação e Ações Positivas - (61) 98164-5437 / 99425-3484

- Email: eleveselife@gmail.com

- Site: www.eleve-se.life

- Instagram: elevese.life

- Facebook: eLeve-se.life




©2019  |  eLeve-se.life  | 

  • Preto Ícone Instagram