“CARNE” VEGETARIANA: A VERSATILIDADE NUTRITIVA DA JACA

Atualizado: 30 de Mai de 2019


Eu sempre resisti à jaca porque não me simpatizava nem com o cheiro nem com o gosto nem com a textura da fruta madura. Tentei, diversas vezes, “fazer as pazes” com esta riqueza em vitaminas A, B, C, E, K; e em minerais como cálcio, cobre, ferro, manganês, fósforo, magnésio e iodo, além de ser muito recomendada para dietas saudáveis pela composição energético-proteica, de água e de fibras.


Vegetariana desde 2017, eu já tinha ouvido falar muito sobre o quanto a jaca fica deliciosa em receitas salgadas. Mas, por receio principalmente do cheiro da fruta, eu duvidava do potencial deste alimento exótico, originário da Índia e trazida para o Brasil no século 18. Até que eu resolvi experimentar a coxinha de jaca, uma das especialidades da lanchonete Vegan-se, em Brasília. Foi amor à primeira mordida!

Perfeita para ser a “carne” das receitas vegetarianas, a fruta tem que ser cozida enquanto ela está verde porque, madura, a jaca libera muito visco e os gominhos ficam moles. A forma mais fácil de transformar a fruta em “carne de frango ou de vaca” é cozinhar a jaca inteira e fechada para que o visco não se solte durante o cozimento. Na panela de pressão, 30 minutos (após pegar pressão) em fogo médio são suficientes para a “mágica” acontecer.


Com a ajuda de um garfo, desfie a polpa dos gomos cozidos como se estivesse desfiando qualquer carne. Os caroços também podem ser cortados em cubinhos e consumidos porque ficam macios e são bastante nutritivos.


Um refogado no azeite com seus temperos preferidos – como alho, cebola, especiarias, pimentão, azeitona, palmito, champignon, cheiro verde, pimenta de cheiro – é a base para o preparo de diferentes delícias. Como o sabor da jaca cozida é neutro, é possível utilizar os mais variados temperos no molho-base, que vai muito bem em coxinhas até escondidinho de “jaca seca”, farofa, antepasto, batata recheada, estrogonofe, empadão, pastel e fricassê (receita abaixo).


Em Brasília, por exemplo, é fácil encontrar uma jaqueira em qualquer quadra residencial ou comercial. A fruta vai de graça para a panela e pode compor vários cardápios baratos durante a semana, já que o ingrediente principal não vai custar nada: é presente da natureza!


RIQUEZA NUTRICIONAL

Estudos associam o consumo de jaca ao combate do câncer em virtude das propriedades nutricionais da fruta. Ela contém os chamados fitonutrientes em sua composição (como lignanas, isoflavonas e saponinas), que conferem a capacidade de combater cânceres de cólon e de pulmão, por exemplo.


Seis benefícios da jaca para o organismo:


1. Rica em antioxidantes

O consumo da fruta ajuda a combater a ação dos radicais livres, prevenindo doenças crônicas. Os antioxidantes também são responsáveis por retardar o envelhecimento precoce das células da pele.


2. Combate pressão alta

Por ser rica também em potássio, a jaca ajuda a prevenir problemas cardiovasculares, como o derrame ou o ataque cardíaco, além de diminuir os níveis da pressão arterial. O consumo regular da fruta também auxilia na queda dos níveis de sódio no sangue.


3. Fonte de fibras

O consumo de jaca está diretamente ligado ao combate a úlceras e outros transtornos digestivos graças à grande quantidade de fibras presentes em sua composição, ajudando a prevenir a constipação e favorecendo uma boa digestão. As fibras também são conhecidas por promoverem saciedade.


4. Ossos saudáveis

Com alta quantidade de cálcio, a jaca é aliada no combate ao envelhecimento celular e à perda de massa muscular. A fruta também ajuda a promover ossos saudáveis e resistentes, prevenindo a osteoporose.


5. Previne anemia

Dona de um rico quadro nutricional, a jaca repõe nutrientes essenciais para o organismo. Além disso, tem vitamina C em sua composição, nutriente que aumenta a absorção de ferro, prevenindo e combatendo a anemia.


6. Aumenta a energia

A jaca é rica em açúcares, como a frutose, que confere ao corpo bons níveis de energia para executar as atividades diárias com mais ânimo e felicidade.


FRICASSÊ DE JACA:


INGREDIENTES:

  • Refogado de jaca desfiada com temperos a gosto. Fica uma delícia acrescentar milho, palmito, pimenta de cheiro e cheiro verde ao molho;

  • Requeijão vegano ou comum (no caso de lacto-vegetarianos);

  • Ou 1 xícara (chá) de batata cozida e amassada + 1/2 xícara (chá) de aveia em flocos (opcional) + 1/2 xícara (de chá) de água + 1/2 xícara (de chá) de leite de coco;

  • Batata palha e arroz como acompanhamentos.

PREPARO:

O fricassê é um prato em camadas: de requeijão ou outra base, do recheio de sua preferência no meio e de batata palha em cima.

Se você não quiser usar requeijão, faça a seguinte base para o fricassê:

Cozinhe uma batata grande e amasse. Em um liquidificador, coloque a aveia, a água, o leite de coco, a batata amassada, sal a gosto e outros temperos de sua preferência (pimenta moída, por exemplo). Bata até virar uma mistura uniforme. Caso sinta necessidade, acrescente mais leite de coco e/ou água.

Forre uma travessa com o requeijão ou a base de batata. Faça a segunda camada com o recheio/molho que você fez com a jaca desfiada e leve ao forno. Quando esta delícia começar a borbulhar, está pronto! Cubra com a batata palha, sirva com arroz e seja feliz!

Tempo médio de preparo: 50 minutos
Rendimento: serve bem 2 adultos
Custo aproximado: 20,00


SERVIÇO – Lanchonete Vegan-se

- Endereço: CLN 204, Bl A, Loja 29 - Brasília (DF)

- Horário de funcionamento: 10h às 22h

- Contato: (61) 3522-7875 / 99109-3119

- Site: www.vegan-se.com.br

- Instagram: vegan_se

- Facebook: Vegan-se


©2019  |  eLeve-se.life  | 

  • Preto Ícone Instagram